Thiago Neves: de dúvida a solução para o time celeste

08/08/2017 às 14:57 por Atualizado dia 08/08/2017 às 14:57

Allan Almeida

Jornalista

Especialista em Comunicação estratégica e branding 

O Cruzeiro não possui um histórico muito favorável no que se refere a contratação de nomes badalados no futebol nacional e internacional. Se voltarmos ao tempo, lembro-me daqueles três nomes de peso contratados para o Mundial de Clubes de 1997 – Bebeto, Donizete “Pantera” e Gonçalves. O resultado, derrota para o Borussia Dortmund.

Em 2001, Edmundo teve uma breve passagem pelo time celeste sem brilho. Sem brilho também foi a atuação do pentacampeão Rivaldo, em 2004. Num passado mais recente, Júlio Baptista foi apresentado em um carro forte dentro do Mineirão. Anunciado como astro da camisa 10, foi mero coadjuvante na equipe tricampeã brasileira de 2013.

No início deste ano, Thiago Neves foi anunciado como a grande contratação do time do Cruzeiro para a temporada. Chegou carregando um passado brilhante pelo Fluminense. No começo, defendi que poderia compor o meio de campo ao lado de Arrascaeta. Depois, nos momentos decisivos pelo Campeonato Mineiro e Sulamericana, caiu de rendimento. Isso o fez cair em desconfiança com a torcida.

Porém, o jogador parece ter dado a volta por cima com as críticas. Tem sido o principal nome nas vitórias celestes. Mesmo quando o time como um todo não atua bem, o meio campista destaca-se em campo. Tem levado a equipe ao ataque, principalmente do lado esquerdo do campo.

Thiago Neves  chegou ao Cruzeiro com a promessa de marcar 20 gols na temporada. Já foram anotados 12. Se mantiver o mesmo ritmo em campo e afastado das lesões, que têm se multiplicado no elenco, superará essa meta.

Por falar em lesões, aguardo o retorno do nosso camisa 10, Arrascaeta. Acredito que  ao lado de Thiago Neves, trará ainda mais criatividade ao meio campo celeste e levará nosso time para frente. Enquanto isso, o nosso TN30 vai resolvendo sozinho.

 


Comente com o facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *