Papa Francisco apoia World Vision para pedir o fim da violência contra as crianças

Visão Mundial descreveu o chamado do Papa Francisco como “um grande momento no movimento para acabar com a violência contra crianças”.

10/10/2017 às 15:15 por Atualizado dia 10/10/2017 às 17:31

Foto-Papa Francisco com criança nos braços na Praça de São Pedro, Roma, Itália.
Crédito-Conta oficial do Papa no Instagram

Na última sexta-feira, 6 de Outubro, o Papa Francisco exigiu melhores proteções para crianças na internet e apoiou as propostas da World Vision e outras organizações para endurecer as sanções contra aqueles que abusam e exploram crianças online. O Pontífice encontrou representantes da World Vision em uma conferência internacional, apoiada pela Igreja Católica em Roma, sobre a luta contra a pornografia infantil e a proteção da dignidade infantil na era digital.

Organizado pelo Centro de Proteção à Criança da Pontifícia Universidade Gregoriana, a conferência foi projetada para que as comunidades de fé, a polícia, os programas e a indústria das mídias sociais, os meios de comunicação de massa, as organizações sem fins lucrativos e os governos trabalhem juntos para proteger melhor as crianças.

“O bullying e todas as formas de violência contra as crianças no mundo digital têm um impacto a longo prazo sobre a saúde mental das crianças. Ninguém pode eliminá-lo sozinho. Temos de trabalhar em conjunto com todos os atores.” – Tadeusz Mich, Diretor da WVI para Parcerias Globais com Igrejas

A conferência, que atraiu pesquisadores líderes em saúde pública, a Interpol, a ONU e representantes do governo, bem como executivos do Facebook e da Microsoft, emitiram uma chamada de ação de 13 pontos que foram apresentados ao Papa Francisco.

O Papa disse que era necessária uma abordagem internacional e interdisciplinar para proteger as crianças da “rede escura” e da “corrupção de suas mentes e violência contra seus corpos”.

Ele também pediu a melhoria dos filtros tecnológicos para evitar que os jovens acessem pornografia online.

“Isso não tem nada a ver com o exercício da liberdade… Tem a ver com crimes que precisam ser combatidos com inteligência e determinação, através de uma cooperação mais ampla entre os governos e as agências de aplicação da lei a nível global”, disse o Papa Francisco.

“A rede tem o seu lado escuro – a “rede escura” – onde o mal encontra formas novas, efetivas e penetrantes de atuar e expandir”, acrescentou o Papa.

World Vision lançou a campanha #ItTakesAWorld – Precisamos de todo o mundo para acabar com a violência infantil, para evitar que as crianças sejam roubadas de seus direitos, dignidade e potencial dado por Deus. Saiba mais sobre a campanha no Brasil: visaomundial.org/empresas

Sobre a Visão Mundial

Maior ONG humanitária do mundo, a Visão Mundial Brasil integra a parceria World Vision International, que está presente em cerca de 100 países. No País, a Visão Mundial atua desde 1975 em 10 estados, beneficiando 2,7 milhões de pessoas com projetos nas áreas de educação, saúde/proteção da infância, desenvolvimento econômico e promoção da cidadania. Seus projetos e programas têm como prioridade as crianças e adolescentes que vivem em comunidades empobrecidas e em situação de vulnerabilidade. Mais de 80 mil crianças são atendidas anualmente pela organização. Nesses 40 anos de atuação no Brasil, a Visão Mundial se consolida como uma organização comprometida com a superação da pobreza e da exclusão social – visaomundial.org.br.

Texto-JB Press House


Comente com o facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *