Nucleo de Mediação de Conflitos da DEPOL de Ouro Preto-MG recebe visitas de alunos de Direito

22/05/2014 às 11:44 por Atualizado dia 22/05/2014 às 11:44

O Núcleo de Mediação de Conflitos da Delegacia de Polícia de Ouro Preto recebeu visita de alunas do curso de Direito da UFOP – Universidade Federal de Ouro Preto-MG e da coordenadora do Centro de Mediação e Cidadania (CMC) da Instituição, a advogada e professora Renata Maia. A existência da mediação no âmbito da Polícia Civil despertou o interesse das alunas por ser uma novidade.

O encontro foi importante para uma integração da Polícia Civil com o Centro de Mediação e Cidadania da UFOP, que também realiza mediação de conflitos. A diferença é que o CMC atende demandas de cunho cível e não atende casos que envolvam direito criminal, que serão repassados para a mediação realizada pela Polícia Civil. Ao final do encontro foi esboçado uma forma de cooperação entre os dois núcleos, para troca de conhecimento e melhor atendimento da comunidade.

Para quem não conhece o tema, a mediação é uma forma de resolução pacífica e amigável de conflitos, pautada no diálogo e na restauração dos laços afetivos. Participar de um procedimento de mediação é algo totalmente voluntário, que depende totalmente da vontade dos envolvidos.


O núcleo de mediação da Polícia Civil cuida de casos como ameaça, perturbação de sossego, lesão corporal leve, calúnia, injúria, difamação. Conta com os mediadores William Alves e Amanda Gontijo e está aberto de segunda à sexta, das 08h 30min às 12h e de 14h às 17h, na sede da Delegacia de Polícia de Ouro Preto.

Mais informações pelo telefones 3551 3222 e 3552 3785.

 

Saiba mais sobre o Centro de Mediação

O Centro de Mediação e Cidadania da Universidade Federal de Ouro Preto é um projeto de extensão do curso de Direito criado em 2009, em parceria com o Ministério da Justiça, através da Secretaria de Reforma do Judiciário. O Centro tem como objetivo solucionar problemas através da mediação. Cuida de casos em que o conflito envolva questões do âmbito cível, que não configurem crime, problemas entre vizinhos, divisas de imóveis, perturbação de sossego, etc.

Atende em sua sede localizada na Rua Diogo de Vasconcelos, 29- A, Bairro Pilar – Ouro Preto-MG e também presta atendimento no Centro de Referência a Assistência Social – CRAS, localizado no Bairro Alto da Cruz, Rua Resende, nº 159. O atendimento é extensivo a toda a comunidade de Ouro Preto e região. O Centro funciona de segunda à quarta-feira de 13:00 às 16:00h.

Mais informações pelo telefone (31) 3559-1543.

Além disso, tanto o núcleo de mediação da Polícia Civil quanto o CMC da UFOP podem ser procurados para realização de orientação dos cidadãos e encaminhamento de demandas aos demais órgãos públicos.

“A nossa ideia é proporcionar um ambiente onde as pessoas possam resolver seus conflitos de forma pacífica, conversando e resolvendo não só o problema atual, mas também a origem das desavenças. Buscamos uma prática mais restaurativa do que punitiva, na medida do possível e nos casos em que cabe mediação. A visita do pessoal do Centro de Mediação da UFOP com a professora Renata Maia é uma oportunidade de trocarmos informações, estabelecermos formas de cooperação e integrar a Polícia Civil cada vez mais à comunidade de Ouro Preto. É importante tratar cada demanda da maneira mais apropriada, pois lidamos com questões de gravidades diferentes. Cada crime, cada conflito é diferente do outro, não podemos tratar todos de forma igual, sob pena de estarmos fechados às necessidades da comunidade”, salientaram os mediadores William Alves e Amanda Gontijo.


Comente com o facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *