Município de Ouro Preto-MG decreta Situação de Emergência devido ao resultado de chuvas no distrito de Cachoeira do Campo

Rio que corta o distrito está assoreado e é um dos motivos de alagamentos

13/01/2018 às 14:16 por Atualizado dia 13/01/2018 às 18:25

Foto-Distrito de Cachoeira do Campo vem sendo castigado por fortes chuvas e alagamentos
Cedida por ineternauta

A situação pela qual vem passando o distrito de Cachoeira do Campo, em Ouro Preto-MG, devido as intensas chuvas que se abatem sobre a região, fez com que a Defesa Civil Municipal, solicitasse à Defesa Civil do Estado de Minas, que analisasse um pedido de Situação de Emergência.

Tal pedido, assim que analisado e constatado sem erros na elaboração, será encaminhado para o Governo Federal, que poderá acolhê-lo facilitando, assim, que o município receba verbas que deverão ser investidas especificamente no Distrito.

O conceito básico de Situação de Emergência é “Situação anormal, decretada em razão de desastre, que embora não excedendo a capacidade inicial de resposta do município ou do estado atingido, requer auxílio complementar do estado ou da União para as ações de socorro e de recuperação.”

O pedido de Situação de Emergência deve ser feito quando o município necessita
auxílio complementar da União para as ações de socorro e de recuperação e quando a legislação exige o reconhecimento federal para a concessão de benefícios às vítimas do desastre.

Segundo Charles Roamzamu Murta, Engenheiro Geólogo da Defesa Civil, no caso do distrito de Cachoeira do Campo, a Situação de Emergência, se acatada pela União, permitirá, além de outras, obras imediatas de desassoreamento e limpeza do Rio Maracujá, que é a maior causa de alagamentos no distrito.

Nas datas de 30 de novembro e 28 de dezembro de 2017 e 12 de janeiro de 2018, o distrito sofreu com alagamentos, quando moradores tiveram casas e comércios invadidos pela água.

Além do Rio Maracujá, que necessita de obras urgentes, a estação de tratamento de água que atende a região é sempre afetada com queima de bombas e outros equipamentos, devido ao excesso de barro na água, em momentos de fortes chuvas.

Ainda segundo Murta, todos os formulários eletrônicos necessários para a solicitação de Situação de Emergência foram devidamente preenchidos e enviados ao Governo de Minas no dia 11/01. Até a próxima segunda-feira, 15/01, a análise da documentação virtual deve ser concluída, para assim ser feito o pedido ao Governo Federal da decretação. O pedido pode ser acatado ou não pela União.

No Boletim de Proteção de Defesa Civil da Coordenadoria de Defesa Civil do Estado de Minas, Ouro Preto já consta na lista e é a 34ª cidade a solicitar Situação de Emergência.


Comente com o facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *