Em Itabirito-MG, cartões aplicados na “Taça Cidade Ativa” são convertidos em doações

Alimentos não perecíveis, produtos de limpeza e objetos de higiene pessoal arrecadados serão doados para famílias itabiritenses

14/11/2017 às 17:02 por Atualizado dia 14/11/2017 às 17:02

Foto-Divulgação
Crédito-Assessoria de Comunicação/Prefeitura Municipal de Itabirito

Tradicionais punições do futsal, os cartões amarelos e vermelhos se transformaram em convite à solidariedade na Taça Cidade Ativa sub-17 e adulto. De forma inédita, a organização do torneio definiu que os atletas punidos durante os jogos, realizados nos ginásios poliesportivos Pedro Cardoso e Francisco Carlos Bernardes de Oliveira, pagarão multa sob a forma de doações, que serão revertidas para famílias itabiritenses.

Cartões amarelos correspondem a dois quilos de alimentos não perecíveis, dois litros de produtos de limpeza ou duas unidades de objetos de higiene pessoal. No caso das expulsões, a multa é de cinco quilos.

“Foi uma iniciativa conjunta com dois objetivos principais: o primeiro, social, convertendo os cartões recebidos pelos atletas nas partidas em alimentos e objetos de limpeza e higiene pessoal para doação. O segundo, disciplinar, levando a uma disputa ainda mais sadia dentro das quadras em Itabirito”, destacou o presidente da Liga Desportiva Municipal de Itabirito, Ângelo de Assis Vieira.

Mais de 300 quilos assegurados

De acordo com levantamento feito pela organização, a arbitragem já aplicou 142 cartões amarelos (284 quilos) e 12 vermelhos (60 quilos) entre a primeira fase e as partidas disputadas no último sábado, dia 11 de novembro. Com isso, são 344 quilos de donativos garantidos. Mais de um terço já foi entregue pelos atletas punidos na sede da LDMI.

“Quando trabalhado de forma organizada, o esporte vai além da disputa em si: movimenta o comércio na região dos ginásios e até o aspecto social, como nas doações. Neste ano, além dessa novidade, está sendo realizado junto com o campeonato adulto a categoria sub-17, com o intuito de dar mais oportunidades e valorizar os jovens atletas”, exaltou o Secretário de Esportes e Lazer, Alessandro Massaini.


Comente com o facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *