Acidente grave deixou um morto na tarde de ontem, na via entre Ouro Preto e Mariana-MG

07/03/2014 às 23:10 por Atualizado dia 08/03/2014 às 14:26

O trabalho em equipe dos Militares do Corpo de Bombeiros e Agentes do SAMU continua socorrendo pessoas na Região dos Inconfidentes. Em acidentes graves, geralmente há o encarceramento de vítimas e é necessária a intervenção dos Bombeiros e agente do SAMU ao mesmo tempo. Enquanto os paramédicos e enfermeiros aplicam medicamentos e tentam manter o estado da vítima estabilizado, Bombeiros providenciam o seu desencarceramento com o corte da lataria do veículo e outras ações, feitas com equipamentos especiais.

Na tarde de ontem, dia 07 de março, por volta de 17 horas, mais uma vez esses profissionais entraram em ação, quando o veículo marca Fiat, modelo Palio, Placas HBD-2857, invadiu a contramão de direção e colidiu de frente com um ônibus da empresa Transcotta, que fazia a linha Mariana x Ouro Preto.

O local do acidente foi próximo do distrito de passagem de Mariana passando pelo Bairro Taquaral. Três pessoas estavam, no veículo Pálio, entre elas uma criança de 13 anos que teve somente escoriações. O estado mais grave era do motorista, Geovane Alves Rocha, de 22 anos que, segundo o Sargento Antunes, dos Bombeiros, teve fraturas em braços e pernas, além de traumatismo craniano grave. Geovane veio à óbito duas horas após dar entrada no hospital da Santa Casa de Misericórdia de Ouro Preto.

Uma passageira do carro, Vanderleia Carla Adriano, de 34 anos teve cortes, hematomas e escoriações e assim como Geovane, foi encaminhada para o hospital da Santa Casa de misericórdia de Ouro Preto-MG.

O motorista do ônibus, que estava lotado de passageiros, nada sofreu, mas, quatro deles reclamavam de fortes dores e também foram levados para a Santa Casa.

Além do Sargento Antunes, participaram da operação o Tenente Julio e os Cabos Luis Fabiano e Gurita, além do Soldado Franklin. O transito ficou interditado nos dois sentidos para que SAMU e Bombeiros realizassem a operação.

Um dos pneus dianteiros do carro não apresentava nenhum friso. Somente laudo pericial poderá constatar as causas da perda de controle da direção do carro que causou o acidente.

 

 

 



Comente com o facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *