ACEOP recebe Seminário gratuito sobre Regularização imobiliária em Ouro Preto-MG

10/08/2018 às 17:23 por Atualizado dia 10/08/2018 às 17:23

Compra e venda de imóveis envolve uma série de burocracias que nem sempre são respeitadas. Seja por desconhecimento ou descuido, o fato é que ignorá-las pode levar os envolvidos no negócio a ter muita dor de cabeça e prejuízos. Há um ditado que diz que só é dono quem registra. A máxima é popular, mas nem sempre muito respeitada na prática por boa parte das pessoas que compram ou vendem um imóvel. O resultado é que problemas com a regularização de um bem acabam aparecendo anos mais tarde, quando o local vai ser revendido ou o proprietário vem a falecer.

Divulgação/Aceop

Para evitar dores de cabeça no futuro, o certo é pesquisar a existência de algum entrave, buscar a solução adequada e concretizar a tramitação administrativa e judicial da documentação logo depois da compra, sem deixar a pendência para depois. 

Pensando nisso, a ACEOP, em parceria com o Cartório de Registro de Títulos e Documentos civil das pessoas jurídicas, realiza no dia 13 de setembro (quinta-feira), a partir de 9:00, o Seminário sobre o Projeto A casa é nossa: O sonho da regularização imobiliária. O seminário tem programação durante todo o dia, com palestras, mesas de debate e esclarecimentos sobre as dificuldades e as formas de solução para quem pretende ter seu imóvel regularizado em Ouro Preto.

O evento conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Ouro Preto, do Instituto Novo Brasil, da Coopnore e do Projeto Doe Seu troco, da Santa Casa de Misericórdia de Ouro Preto.

A inscrição é gratuita, através da confirmação. Basta preencher o formulário de cadastro

Aos que quiserem, pedimos a colaboração de uma lata de leite em pó ou fraldas geriátricas, que serão posteriormente doadas.

Mas informações podem ser obtidas através do (31)3551-1469 ou imprensa@aceop.com.br.

Wendell Soares/Comunicação ACEOP


Comente com o facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *